02 PROcessOS

EXISTE UMA VARIEDADE DE PALAVRAS ASSOCIADAS AO ALUMINIO E PERFIS DECORRENTES DO TODO O SEU PROCESSO DESDE A EXTRAÇÃO ATÉ CHEGAR AO CLIENTE FINAL:

EXTRUSÃO ,BILETE ,PRENSA ,FORNO ,ESTIRAMENTO ,LIGAS ,TRATAMENTOS ,LACAGEM ,ANODIZAÇÃO ,

POLIMENTO ,POLIAMIDA ,RAL ,RUPTURA

TÉRMICA ,ITT ,CE ,COEFICIENTES ,SISTEMAS ,SERIES ,BATENTE ,CORRER ,TIPOLOGIAS ,MECANIZAÇÃO ,CUNHOS....

ALUMÍNIO

MATERIAL

O alumínio é um elemento químico de símbolo Al e número atômico 13 (treze prótons e treze elétrons ) com massa 27 u, é o terceiro elemento mais abundante na natureza, sendo o primeiro de todos os elementos metálicos e é obtido a partir do mineral bauxite.

À temperatura ambiente, encontra-se no estado sólido, tem volume e forma definidos.

O alumínio é um metal leve, macio, com uma coloração cinza prata e devido à sua fina camada de protecção natural, resiste muito bem à corrosão, não é tóxico e não é magnético.

É um produto com uma durabilidade ilimitada, 100% reciclável, não gerando por isso resíduos. Não existe material mais reciclável que o alumínio. É um material muito resistente à deformação e não combustível.

 

Caracteristicas

Leveza: O que o torna fácil de manusear, de transportar, e um material atractivo para aplicações em diversas áreas.

Resistência mecânica: Os perfis podem ser tão resistentes quanto se pretenda. Condições ambientais de temperatura extremamente baixa, são bem suportadas pelo alumínio porque, quanto mais baixa for a temperatura, mais resistente o alumínio se torna, fazendo com que seja especialmente útil para aplicações criogénicas, assim como para indústria aeronáutica.

Relação resistência-peso: .Oferece uma combinação única de resistência elevada e de pouco peso.

Resistência à corrosão: O alumínio oferece uma excelente resistência à corrosão, auto protegendo-se pela sua própria película natural de óxido.

Excelente condutor térmico: O alumínio conduz energia sob a forma de calor melhor que qualquer outro metal, o que o torna ideal para as aplicações que requerem trocas de calor.

Excelente condutor eléctrico: As transmissões de alta tensão utilizam geralmente condutores de alumínio porque, comparando com o cobre, o alumínio tem o dobro da condutividade.

Não combustível: Apropriado para aplicações que envolvam materiais explosivos ou que ocorram em ambientes altamente inflamáveis, não produzindo emissões tóxicas.

Não magnético: Por não adquirir carga magnética, o alumínio é útil para aplicações de alta tensão, e electrónica.

Infinitamente reciclado: O alumínio pode ser reciclado e reutilizado repetidamente sem perder algumas das suas principais características. 

 

LIGAS DE ALUMÍNIO

Uma liga de alumínio é um material com propriedades metálicas, composto por dois ou mais elementos químicos, onde o alumínio é predominante.

As ligas são obtidas adicionando ao alumínio puro, e no seu estado liquido, uma percentagem de um ou vários metais, que se misturam com este ao longo de vários estágios, realizados em fornos a temperaturas que rondam os 720ºC, sendo a mistura vertida para moldes e arrefecida controladamente até solidificar originando entre outros, os biletes para extrusão.As ligas metálicas, associando ao alumínio um ou mais metais, visam melhorar as propriedades deste em função da aplicação que lhes será destinada.

Uma das grandes vantagens das ligas de alumínio é a possibilidade de se obter uma grande variedade de características mecânicas através de tratamentos térmicos ou mecânicos.

Exemplos de elementos associados ao alumínio são:

Cobre, que favorece a condutibilidade térmica aumentando também a sua resistência à tração e à corrosão;
Magnésio, que aumenta a dureza e a resistência à corrosão do alumínio, favorecendo também a sua possibilidade de soldadura;
Sílicio, que origina a possibilidade de receber tratamento térmico visando melhorar o endurecimento do alumínio e, quando combinado com o magnésio melhora a resistência à corrosão.

Algumas das ligas mais usuais em aplicações industriais são:

LIGA 6060 ; LIGA 6061 ; LIGA 6082

 

 

EXTRUSÃO

PROCESSO

A Extrusão é um processo de produção de perfis de alumínio semi-contínua, onde o alumínio em bruto (bilete) é forçado através de uma matriz adquirindo a forma pré-definida pelo projetista da peça.

O billet é pré-aquecido a uma temperatura entre 400º e 500ºC, por forma a reduzir a pressão requerida para a Extrusão e, desta forma, conseguir as propriedades mecânicas necessárias ao início do processo de produção

Após ter sido extrudido, o perfil de alumínio é subtido a um processo de arrefecimento rápido (tempera) e de envelhecimento artificial (à volta dos 160º a 210ºC), com o objetivo de alcançar e estabilizar as propriedades mecânicas desse mesmo perfil.

 

TRATAMENTOS

ANODIZAÇÃO

A anodização é um tratamento de superfície eletrolítico muito aceite e bem definido para produzir uma película decorativa e protetiva de alta qualidade e resistência anticorrosiva nas ligas de alumínio.

O processo de anodização cria um filme poroso de óxido sobre o substrato de alumínio aquando da sua imersão num banho eletrolítico. Filme poroso que é posteriormente colmatado (poros são totalmente tapados) na fase final do processo de tratamento de superfície.

Esta camada de óxido criada, devidamente colmatada, cria uma fantástica barreira à oxidação (e consequentemente corrosão) do substrato de alumínio, criando uma das principais características deste tratamento: a sua durabilidade.

 

LACAGEM

A lacagem é um processo de pintura eletrostático executado com tintas em pó de poliéster. No processo de lacagem, os perfis de alumínio podem adquirir variadas cores em função da tinta em pó aplicada, característica que confere ao processo de lacagem uma variedade estética incalculável. A lacagem compõe-se de um ciclo de pré-tratamento químico efetuado por imersão ou aspersão, cujas principais finalidades são preparar os perfis para a pintura, protegê-los (com uma proteção anticorrosiva) e maximizar a adesão da tinta.

Posteriormente é aplicada a tinta em pó através de uma pistola de pintura eletrostática, que cria uma ligação eletrifica efémera tinta/substrato até ao final do processo de lacagem, que termina no forno de polimerização, que finalmente "fixa a cor", depois da cura (polimerização) da "tinta em pó".

 

CENTRO RUPTURA TÉRMICA

RPT

Com a evolução do sector e dos produtos,neste momento caixilharia de alumínio é um produto composto.

A ligação entre semi-perfis atrás de varetas de poliamida permitem que as suas caracteristicas termico/acusticas sejam de alta performance.  

Na Lusil existia a necessidade de criar esse departamento dentro da sua estrutura. Utilizando poliamidas da Tecnhoform conhecida pela sua qualidade e durabilidade aliado a uma maquina de tecnologia de ultima geração. 

Desta forma a Lusil pode garantir uma qualidade de produto excelente em tudo adequada aos novos mercados e normas.